Cartas de Valentina Kai Steel Lungs

Steel Lungs

home    message    theme
©
Welcome to my dollhouse.

Um cigarro atrás do outro, eu fumo sem parar. Da minha janela eu vejo o transito congestionado. No meu peito o coração parece buzinar.

Amor, meu amor

Hoje acordei e não te vi. Hoje acordei e pensei em tudo o que foi dito. Hoje acordei e te amei por pensamento. Hoje acordei e te amei como nunca. Hoje acordei e senti sua falta.

Sabe amor, eu sei tudo o que sinto mas na hora de tentar te explicar eu simplesmente não consigo. Acho que o amor não pode ser descrito com palavras, ainda mais o meu amor por você que é tão grande e tão profundo.

Quando penso em você, meu sorriso se abre instantaneamente e inevitável. Sei que pareço diferente, mas é porque algumas poucas coisas mudaram e agora nós sabemos que está um pouco mais difícil. Porém amor, isso não devia afetar meu modo, não devia afetar nós dois, pelo contrario, deveria nos deixar  mais fortes e firmes e é isso que temos que fazer. Não quero mudar em nada com você e principalmente meu amor, eu não quero mudar nada em você.

Quando tu diz que agora estou mais livre… Me dá medo, não quero ser “mais livre”, não quero ter a sensação de não ter você por perto. Quero me sentir segura e completamente dependente de você, como sempre foi. Por isso que eu digo, de certa forma eu gosto do seu ciúmes, porque isso me dá a certeza de que você me ama e cuida de mim. E tu sabe que preciso sentir isso.

Amor, meu amor, me desculpa todas as palavras duras e ditas de forma pesada. Aquela não era/é eu e eu acho que você sabe disso. Você sabe que eu jamais te diria coisas que pudessem te machucar. Gosto de te dar conselhos e te ajudar, mas da minha maneira calma e carinhosa, porque tu precisa que eu seja assim, você precisa de apoio e amor, muito amor e carinho e eu sei que posso te dar tudo isso e agora vejo o quanto eu não estava sendo eu mesma.

Uma vez tu me disse depois de termos uma briga: “Agora na solidão e quando estou sozinho e não te vejo tudo é pior e mais solitário.” Pois é amor, de fato é. E eu estava começando a deixar isso me afetar. 

Eu sei que você é meu, sei que você me ama, sei que é louco por mim e amor, eu sou grata e feliz por isso.

Eu amo poder te amar. Eu amo ser só sua. Eu te amo. E não quero amar mais ninguém além de você durante toda minha vida.

"Te prometo te ser fiel e respeitar até que a morte nos separe"

Eu te amo meu ursinho, amo tanto que choro de emoção quando escrevo sobre você, sobre nós dois.

Te amo, te respeito, te quero, te desejo, te venero, te idolatro, te devoro.

Sempre sua, sempre meu, sempre nosso.

Amor, meu amor. Espero que tu entenda e sinta tudo o que escrevi nesta humilde cartinha. Se eu te conheço bem, eu sei que vai e vai guardar mais essa.

Com todo o meu amor e carinho, um beijo bem dado desta panda que acredita ser uma princesa. Do amor, seu amor. Janaina <3

(Source: thisvelvetblog, via gearfairy)